Blogue da Academia # 1

 

 

Uma questão antiga, pode manter-se actual num determinado campo de conhecimento.

 

A psicoterapia debate-se ao longo de décadas com a seguinte pergunta: qual é a intervenção psicoterapêutica mais eficaz para determinadas perturbações psicológicas, como a ansiedade e a depressão?

 

Esta pergunta tornou-se como que uma bandeira de partida de uma corrida entre diferentes modelos teóricos. A estes juntou-se todo um movimento conhecido como “tratamentos empiricamente validados”. Tratam-se de psicoterapias específicas para perturbações particulares que supostamente dariam melhor garantia de eficácia.

 

Nas últimas décadas, foram gastos milhares de dólares e euros no continente americano e europeu, a testar a hipótese que identificaria a psicoterapia mais eficaz. Os tempos exigem uma clarificação da eficácia das intervenções, o público quer saber quais são as intervenções mais credíveis.

 

Qual é o veredicto? Diferentes psicoterapias têm genericamente os mesmos resultados terapêuticos

 

O veredicto é consensual? Não, mas a investigação não identificou diferenças significativas entre as abordagens estudadas.

 

Apesar da controvérsia, os últimos estudos confirmam que as psicoterapias são igualmente eficazes.

 

Significa isto o fim da importância dos modelos teóricos? Não. Mas significa que estamos num momento de viragem, centrados nas dimensões que mais contribuem para  a eficácia da psicoterapia.

 

O campo das intervenções psicológicas e psicoterapêuticas pode, agora, centrar-se mais no psicoterapeuta do que no modelo teórico deste.

Horários e Contactos

Horário de Atendimento

2ª a 6ª - 8:00h às 21:00h

Sábados - 10:00h às 15:00h

 

Marcação/Informações

Tel: 218 811 710

2ª a 6ª - 11:00h às 13:00h

e das 14:30h às 19:00h

 

Email: clinica@ispa.pt

 

Morada: Rua Jardim do Tabaco, 74, 2º

1149-041 Lisboa